quarta-feira, 31 de maio de 2017

A minha mãe tem Esclerose Múltipla!

Hoje é o dia Mundial da Esclerose Múltipla! Muitos de vocês não sabem mas a minha mãe vive com esta doença há muitos anos. Tinha ela a minha idade quando tudo começou, 32 anos e grávida do meu irmão. Às 31 semanas de gestação, o meu irmão resolveu nascer. Tal como as Marias, também é um apressado, mas teve apenas 20 dias internado. Poucos meses depois de estarmos todos em casa a minha mãe começou a sentir-se menos bem e foi internada, ninguém sabia bem o que era mas teve de parar a amamentação, separou-se do meu irmão numa altura que é tão importante estar com o filho. Depois deste internamento onde apenas lhe foi diagnosticado litiase biliar, nada voltou a ser o mesmo. Seguiram-se uns 5 anos com alguns sintomas que nos preocupavam porque eram constantes mas não eram muito valorizados pelo médico, muito cansaço, algumas dores nas costas e pernas pela perda da força muscular, até que surgiram sintomas mais agressivos como a visão turva,  alterações da sensibilidade, alterações do equilíbrio e coordenação. Às tantas, a perda de força muscular agravou-se de tal maneira que caía para o chão constantemente. Fomos a alguns médicos de especialidade entre eles uma oftalmologista que nos disse para ir a algum Neurologista. Lá fomos nós, e quando saímos da consulta, a minha Mãe estava a chorar e acreditem que foi das poucas vezes que a vi chorar. Chorava não pela possível doença, mas sim por ter de ficar internada e não poder cuidar de mim nem do meu irmão. Acho que depois desse dia tudo mudou para mim, não sei bem explicar mas passei a viver com o medo de a perder. Depois de ter feito os exames, exame neurológico, análises, punção lombar, ressonância magnética (teve de ir fazer a Coimbra pois na altura ainda não havia em Castelo Branco) depois disto tudo lá chegou a altura de ouvir o que não queríamos ouvir... "a Célia tem esclerose múltipla" tão difícil de ouvir e perceber. Acho que para mim  e para o meu pai e principalmente para o meu mano foi mais complicado digerir isto. A minha mãe é uma pessoa de outro mundo (como lhe chamo muitas vezes), e até reagiu bem, sempre a rir, sempre a falar da doença e a mostrar a sua caneta para se injectar 3 vezes por semana. Sinceramente, acredito que foi esta forma como a minha mãe encarou a doença que a fez "adormecer". Ela vai aparecendo e manifestando-se, mas muito lentamente. 
A energia da minha mãe (sim tinha uma energia que nunca mais acabava era uma autêntica formiguinha trabalhadora), deu lugar ao cansaço constante, teve de fazer mais pausas e às vezes  dormir a meio da tarde. Apareceram alterações urinárias (urgência urinária) e intestinal (obstipação). Há cerca de 3 anos outro pesadelo apareceu, artrite reumatoide... ainda esta a ser difícil a adaptação a esta realidade. Para a minha mãe, desta vez foi mais difícil, mais dores e mais intensas, deixou de abrir frascos e apertar o botão das calças, mas pior que isto tudo é ver que está a perder o brilho no olhar, esse brilho que tanto a caracteriza. 
A minha mãe tem duas coisas que a caracterizam, uma delas que eu detesto mas que sinceramente a tem ajudado muito que é a teimosia e a persistência, estamos nós a dizer para estar quieta descansar e ela sempre a fazer tudo ao contrário, sempre a contrariar o que "devia fazer", pior ainda quando está com dores e nega para não ficarmos preocupados...é terrível.
Infelizmente ou felizmente foi graças à esclerose múltipla da minha mãe e aos seus internamentos que me fizerem ganhar o gosto por cuidar do outro e hoje sou enfermeira graças a isso. Obrigada mãe por mesmo com tantas limitações, tanto sofrimento (embora não digas eu sei que deves ter tido momentos terríveis) estares sempre com um sorriso para nós, sempre doce, sempre tão sensível, tão humana, ligas apenas ao que verdadeiramente importa (e isto é tão mas tão importante), fizeste de mim uma boa filha e uma mãe que tenta seguir os teus passos. Sempre me ouviste e apoiaste, podia estar aqui um dia inteiro a escrever para ti e sobre ti... porque és a minha verdadeira inspiração e tu sabes que te digo muitas vezes, mas o teu sorriso e o teu amor é tão importante para mim. Como já referi neste texto no ano passado, "Para a pessoa que me inspira todos os dias"!
Sei que sofres muito por não me ajudares como gostarias com as meninas mas já fizeste tanto mas tanto e cuidas sempre que podes e o mais importante disto é o amor que tens por nós ... o sorriso que elas fazem quando estão contigo ou quando choram que querem ir para pertinho de ti reflete o amor que elas têm por ti. Temos todos um orgulho enorme por ti e um amor inexplicável mas tão sentido e verdadeiro.
A todos os que têm esta doença e a todos os familiares que cuidam e amam estas pessoas um feliz dia e que sorriam sempre. 

Partilho o video da Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla (SPEM) que lança hoje a campanha " A vida com Esclerose Múltipla é um desafio a superar"tendo como protagonista Miguel Rocha, campeão nacional de BodySurf de 2016 e pessoa com Esclerose Múltipla (EM).




www.spem.pt


 Blog de Nós e as Marias também está no 


sexta-feira, 26 de maio de 2017

Parabéns minha Princesa!

Parabéns minha princesa!

5 anos… E parece que foi ontem que te enviei a primeira mensagem… 

É hoje o dia 3 de Maio de 2017. São neste momento 17.10, e estou a escrever em contra relogio, porque aproxima-se rapidamente a hora de ir buscar as nossas meninas, os nossos bens mais preciosos. A bem dizer, já as queria ter ido buscar, porque meti na cabeça que as 17.00 estaria lá. Mas entretanto comecei a ler a historia do homem mais inteligente do mundo, e agarrou-me de tal maneira que não consegui parar antes, nem consegui ir buscar as nossas meninas sem antes resolver o assunto “prenda de aniversário para a Debora”. 

Porra, prendas….. Depois de ler uma boa parte do livro, olho para as prendas de uma forma completamente diferente.
Engraçado, li esta parte do livro sentado em frente à nossa piscina, enquanto ouvia a agua correr enchendo-a daquilo que espero que venham a ser muitos bons momentos de amor e felicidade, e no entanto não consigo deixar de pensar no contra-censo que tudo isto é! No material que isto é! No quanto precisamos cada vez de mais, para nos satisfazer cada vez menos.
Sinto, verdadeiramente, que o pouco do livro que li até este momento, possa ter marcado a diferença, e sinto, verdadeiramente, que o que estou a sentir neste momento, possa ser a maior prenda que te possa dar neste aniversario. 

E por isso mesmo, quero que, primeiro, pares tudo o que estás a fazer (não te preocupes, eu ajudo nas tarefas necessárias), e comeces a ler este livro! Lê tudo, até ao fim! Depois, voltaremos a falar.
Nesse momento, poderemos discutir o quanto estamos a embriagar as nossas filhas com estímulos, e bens materiais, e o quão pouco talvez as estejamos a capacitar emocionalmente. Tal como eu não estou capacitado!  

É difícil, porra é muito difícil separar-nos de tudo o que de material temos, mas a verdade é que nos vamos alimentando de bens! Cada vez mais de coisas, e cada vez menos de emoções, de TEMPO! E TEMPO é tudo o que de mais importante podemos dar às nossas filhas. 

Já antes lhes tinha escrito sobre isso! Num paragrafo que lhes escrevi sobre viagens… E afinal, parece que facilmente esqueço tudo, e faço tudo ao contrario! 

Falo mais para mim do que propriamente para ti.  Não estou leve neste assunto, sinto-me pesado. Porque sei que, no fundo, quando reflicto, não sinto estar a fazer as coisas completamente bem. Vale-me ter-te a ti! Vale ter uma mãe muito presente, com noção da realidade, e que tem transmitido às nossas filhas muitos dos valores com que quero que cresçam! 

Tenho perdido tempo a pensar na desarrumação da nossa casa, no pó que vou vendo aqui e ali, nas manchas que ocasionalmente vejo no chão! E penso neste momento: mas tu estás tonto oh quê?!?!? O pai é tonto, só pode!!! Porra, que caraças, tenho as três pedras mais preciosas dentro da MINHA CASA!!!! Como é que hei de perder tempo a pensar em arrumações e limpezas, em vez de pensar nas coisas boas que tenho? Caramba, ensinei-te a desarrumar a vida e agora sou eu que perco tempo a tentar arruma-la. Quando ela é bem mais linda desarrumada! 

Temos de ser contempladores! Temos de olhar para tudo aquilo que temos de bom e pensar no milagre que é a nossa vida! Temos de ser felizes com pouco! Temos de, acima de tudo, ser felizes por nos ter uns aos outros!!! Porque essa é, verdadeiramente, a maior dádiva da minha vida! Da nossa vida! Porque somos, verdadeiramente, o que de mais precioso temos!! E temos de nos estimar, e temos de nos apreciar, e contemplar!!!!! 

Escrevo isto enquanto oiço a agua correr, e enquanto oiço a banda sonora do LALALAND! Porque, apesar de simples, me anima, me deixa feliz! Porque, neste momento, não preciso de mais nada para ser feliz! E sou, a 100%!!! Porque vos tenho a vocês! Li uma vez que existem duas formas de ver a vida, como se tudo fosse um milagre, ou como se nada fosse um milagre! Escolho a primeira! Quero a primeira!!

Por isso Débora, a minha prenda neste aniversário, é este texto, são estas emoções, é a esperança de que consigas entrar em sintonia comigo, e de que este livro mude a tua vida como mudou a minha!

Que giro, são 17:17, e percebo em como consegui escrever todo este texto em 7 minutos!!! E apenas consigo ter momentos destes, quando estou verdadeiramente apaixonado! E estou-o verdadeiramente! Por ti, pelas nossas filhas, pela minha vida convosco!!! E porque a minha vida já não faz sentido sem vocês nela!!!! 

Amote, verdadeiramente, do fundo do meu coração!
És TU, o grande e verdadeiro AMOR da minha vida! “De todas as coisas que conquistei na vida, TU tens um lugar de destaque [mesmo, verdadeiramente!!!!!]. Obrigado por existires [!!!!! Nada faz sentido sem ti]”

Quero-te para sempre! Quero mimar-te, quero cuidar de ti como tu gostas tanto de ser cuidada! Quero educar as nossas filhas contigo, porque és a pessoa mais bonita que conheço, e o melhor exemplo que lhes pretendo transmitir!
Obrigado por existires, e acima de tudo, obrigado por estares a meu lado!
Da forma mais simples, humilde e genuína que possa existir, AMOTE! Assim mesmo, sem tracinho!!!

Para SEMPRE teu,
André



Blog de Nós e as Marias também está no 

Férias num lugar mágico!

Férias finalmenteeeeeeeeeeeeee...

Acho que só amanhã é que vou acreditar que estamos mesmo de férias. Andamos tão cansados mas tão cansados, que estas mini férias vieram mesmo em boa altura. Não é fácil trabalhar  8 horas por dia o pai ainda trabalha mais, depois as meninas, a casa, a roupa, as refeições, dormir mal etc.. (voces mães sabem do que falo).
Bem mas chega de lamentações, temos de pensar é nestes dias bons que se aproximam, dos dias só para a família, para nos enchermos de mimo os 4.
Daqui a umas horas partimos em viagem ... nem imagimam para onde vamos, só vos digo que é um lugar mágico. Eu e o André já fomos 2 vezes mas com as Marias é a primeira vez, aliás, vai ser uma aventura ir com as Marias, nem quero imaginar como se vão portar no avião... Olha que seja o que Deus quiser.
Amanhã também faço aninhos, 32 anos, vai ser um dia especial, num lugar lindo com os meus três amores. Obrigada por estarem aí desse lado a acompanhar as nossas aventuras. Amanhã daremos notícias.

Acompanhem a nossa viagem pelo nosso INSTAGRAM e no stories.






O Blog de Nós e as Marias também está no 

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Uma Mãe de gémeos (#1) - Aprende a não voltar ao centro comercial sozinha com as filhas!

Uma Mãe de gémeos aprende:
a não voltar ao centro comercial sozinha com as filhas, quando cada uma corre sozinha para seu lado, e uma se lembra de ir à loja do Boticário, pegar num perfume de princesa, e sair a correr dali para fora com o perfume na mão!


...Já foi há algum tempo que isto aconteceu mas ainda não tenho coragem de ir sozinha com elas novamente a um centro comercial. 

"Uma Mãe de gémeos" é a nova rubrica do nosso cantinho, espero que se divirtam com as traquinices das Marias. Quem tiver histórias engraçadas enviem-nos que vamos compilar as melhores e publicar.




O Blog de Nós e as Marias também está no 

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Batizado das Marias (#4) - Parte 4

Como prometido, aqui ficam as últimas fotografias do batizado das Marias. 
Estas são sobre a decoração do espaço.
Para quem não viu as outras fotografias, deixo-vos os links, Batizado das Marias - Parte 1, Batizado das Marias - Parte 2 e Batizado das Marias - Parte 3.












Aqui ficam os  contactos para quem possa precisar:
Vídeo e Fotografias: Vanessa & Ivo - Handmade Films 
Convites e decoração: Poppysmic
Lembranças: Confetti e O Meu amor é Verde
Vestido das Marias: Peixinho do mar
Fita cabelo: Mademoiselle's Bow
Sapatos: Melissa
Medalhas em memoria da prima Lai e avó Emília: Molde Design Events
 Toalha e Concha: Plano B
Vela: My Angel
Fralda de Pano e pedente de chucha: Lovely
Anjinhos: Ana Rocha
Quadros Anjinhos: Poppysmic


O Blog de Nós e as Marias também está no 


domingo, 21 de maio de 2017

Batizado das Marias (#3) - Parte 3

Faz hoje um ano que batizámos as nossas meninas. Foi um dia muito especial e muito feliz, e pelas fotografias que vos deixámos dá para ver a alegria de todos. 
Um beijinho aos padrinhos que são tão importantes para nós e para elas. 
Para quem não viu as outras fotografias, deixo-vos os links, Batizado das Marias - Parte 1 e Batizado das Marias - Parte 2.
Amanhã mostro as ultimas fotografias do batizado das Marias. 





































































Aqui ficam os  contactos para quem possa precisar:
Vídeo e Fotografias: Vanessa & Ivo - Handmade Films 
Convites e decoração: Poppysmic
Lembranças: Confetti e O Meu amor é Verde
Vestido das Marias: Peixinho do mar
Fita cabelo: Mademoiselle's Bow
Sapatos: Melissa
Medalhas em memoria da prima Lai e avó Emília: Molde Design Events
 Toalha e Concha: Plano B
Vela: My Angel
Fralda de Pano e pedente de chucha: Lovely
Anjinhos: Ana Rocha
Quadros Anjinhos: Poppysmic



O Blog de Nós e as Marias também está no